Bombarral Homepage  BOMBARRAL
  • Facebook
  • Twitter

Final regional decorreu no Teatro Eduardo Brazão, no Bombarral

Rita Coelho venceu o Toma Lá Talento 2017

26-04-2017
Rita Coelho venceu o Toma Lá Talento 2017
[+] Fotos
O Teatro Eduardo Brazão, no Bombarral, acolheu na noite do passado dia 21 de abril, mais um grandioso espetáculo. Cerca de três dezenas de talentosos jovens, em representação de nove municípios da região Oeste, subiram ao palco desta magnifica sala para se apurar o vencedor de mais uma edição do Toma Lá Talento.

Como em qualquer concurso, no final só poderia haver um vencedor, mas todos os participantes são merecedores das felicitações que lhes foram dirigidas, tendo em consideração a brilhante prestação com que brindaram o público que lotou por completo o teatro bombarralense.

Entre tanta qualidade, a difícil escolha dos elementos do júri acabou por recair em Rita Coelho, da Nazaré, que com a interpretação de “I will always love you”, de Whitney Houston, foi a vencedora da edição de 2017 do Toma Lá Talento, recebendo assim um “cheque” de 600 euros.

Na segunda posição ficou a bailarina Francisca Louro, de Alcobaça, tendo sido premiada com 400 euros, enquanto o terceiro lugar foi atribuído aos Hands Crew, de Alenquer, que deram vida ao tema “Gosto de ti”, de André Sardet, recorrendo a técnica de “hand mine”. O último lugar do pódio deu direito a um prémio no valor de 200 euros.

O concelho do Bombarral esteve novamente representado pelo grupo de dança Black Angel, composto por Débora Nogueira, Joana Pinto, Luana Frade, Sofia Pinto e Susana Batista, que voltou a não desapontar o público com a apresentação de mais uma coreografia da sua autoria.

Com apresentação de Cláudia Pereira e Miguel Campos, o espetáculo contou ainda com as atuações da bailarina Bárbara Costa de Caldas da Rainha, do cantor Dinis Carlos da Lourinhã, dos “Five Seconds of Music” (Leonor Reis - voz, David Prezado - violoncelo, Duarte Duque - bateria e Miguel Cascais - guitarra) de Óbidos, do grupo de hip hop “Kaos Urbano” (Diogo Codinha, David Sabino e Gabriel Rosa) de Peniche e das Tree Taste (canto) de Sobral de Monte Agraço.

Élio Leal, maestro e professor de música, João Carlos Costa, apresentador, Miguel Ângelo, professor de dança, Alexandre Casimiro, cantor, e Gerardo Rodrigues, produtor e compositor, foram os elementos a quem coube a difícil tarefa de analisar e escolher as melhores prestações da noite.

Antes do anúncio dos vencedores, Élio Leal realçou a qualidade e a diversidade das prestações, tendo aproveitado ainda para deixar alguns conselhos aos jovens que pretendam seguir uma carreira artística, realçando que um dos segredos para ter sucesso é nunca desistir.

Por sua vez, António José Correia, presidente da Câmara de Peniche e vice-presidente da Comunidade Intermunicipal do Oeste, felicitou os jovens participantes e realçou o envolvimento de todas autarquias no Oeste Jovem 2017, envolvimento esse que se verifica igualmente noutros domínios, como frisou.

Aproveitou ainda para dirigir alguns agradecimentos, nomeadamente as todas as pessoas envolvidas na organização das várias atividades que compuseram o vasto programa do Oeste Jovem 2017.

José Manuel Vieira, presidente da autarquia anfitriã, salientou a excelência das actuações que passaram pelo palco do Teatro Eduardo Brazão, reconhecendo “a difícil tarefa de quem teve de as avaliar”.

“Independentemente dos resultados, a juventude do Oeste está de parabéns e todos são vencedores”, concluiu.

Para além das atuações a concurso, o espectáculo foi ainda abrilhantado por dois momentos de grande qualidade, proporcionados pelo professor de dança Miguel Ângelo, a quem coube abrir o evento, e pelo jovem ilusionista Guilherme Beco.
Fonte: Município do Bombarral - Paulo Coelho