Bombarral Homepage  BOMBARRAL
  • Facebook
  • Twitter

Primeiro módulo desta formação inserida na Festa Sénior 2018 teve lugar no Bombarral

Pecados e virtudes da Comunicação em Gerontologia

28-03-2018
Pecados e virtudes da Comunicação em Gerontologia
[+] Fotos
O Auditório Municipal do Bombarral acolheu esta quarta-feira, dia 21 de março de 2018, o primeiro módulo da formação “Os 7 Pecados e as 7 Virtudes da Comunicação em Gerontologia”.

A iniciativa decorreu no âmbito da Festa Sénior 2018, programa intermunicipal de atividades para seniores, que engloba os municípios de Arruda dos Vinhos, Bombarral, Cadaval, Lourinhã, Sobral de Monte Agraço e Torres Vedras.

A abertura da sessão, coube a Patrícia Pereira, vereadora da Acção Social da Câmara Municipal do Bombarral, que deu as boas vindas aos técnicos dos vários municípios que participaram nesta formação, que versa sobre a capacitação em comunicação, aprendizagem e partilha para cuidadores de seniores em situação de vulnerabilidade.

Ao longo dos vários módulos formativos, serão “trabalhadas ferramentas de comunicação” com vista a “conseguir uma relação de confiança e mais saudável com o idoso de quem cuidamos” e para “o próprio cuidador se sentir melhor nesta relação”, explicou Leonor Cerqueira, coordenadora da iniciativa Métis – Comunicação em Gerontologia.

“Muitas vezes a utilização da nossa palavra cria barreiras e fecha portas, destruindo os laços de confiança nesta relação do cuidar”, acrescentou a formadora, realçando que esta situação “cria uma percepção de solidão e isolamento no idoso, enquanto para o cuidador gera, a longo prazo, cansaço e exaustão”.

Questionada sobre se os técnicos sentem necessidade de ter este género de formação, Leonor Cerqueira explicou que “se calhar é mais fácil um cuidador querer saber levantar corretamente um idoso acamado ou saber fazer a higienização conveniente de um utente que esteja dependente”.

No entanto, “quando assistimos ao trabalho do cuidador, percebemos que ele, muitas vezes, obtém resistências por parte do idoso exactamente pela forma como comunica”, frisou.

Ao perceberem a importância da comunicação no seu dia-a-dia, os cuidadores reconhecem que esta é uma ferramenta que lhes facilita a vida. “É uma necessidade que não é evidente mas que é depois valorizada no dia-a-dia”, acrescentou.

Ao longo da formação serão focados vários temas, inseridos nos contextos do que se considera ser um pecado e uma virtude.

Nos vários módulos serão trabalhadas questões como a necessidade de ter uma atitude de não julgamento face ao idoso, escutar profundamente para comunicar eficazmente, promover uma comunicação humanizada, ter um linguagem corporal atenta, saber gerir as emoções, sem se esquecerem, os próprios cuidadores, que “nunca devem deixar escapar os seus objectivos de vida”, como salienta Leonor Cerqueira.

A formação finalizará com um sétimo módulo, cujo tema será posteriormente escolhido pelos próprios formandos.

O próximo módulo está agendado para dia 18 de abril e terá lugar no Salão Nobre da Câmara Municipal da Lourinhã.
Fonte: Município do Bombarral - Paulo Coelho