Bombarral Homepage  BOMBARRAL
  • Facebook
  • Twitter

Apresentação pública do documento realizou-se esta segunda-feira

Programa Estratégico de Reabilitação Urbana está em discussão pública

07-01-2020
Programa Estratégico de Reabilitação Urbana está em discussão pública
[+] Fotos
Encontra-se em discussão pública, até ao próximo dia 14 de janeiro de 2020, o Programa Estratégico de Reabilitação Urbana (PERU) da Área de Reabilitação Urbana da vila do Bombarral, o qual foi apresentado publicamente esta segunda-feira, dia 6, no Auditório Municipal.

Promovida pelo Município do Bombarral e pela Comissão de Urbanismo e Ordenamento do Território da Assembleia Municipal, a iniciativa teve como principal objetivo promover a discussão deste importante documento, que define a estratégia de qualificação e revitalização da área urbana da vila.

A desenvolver num espaço temporal de 15 anos, como explicou na abertura da sessão o presidente da Câmara Municipal, Dr. Ricardo Fernandes, o programa envolve múltiplas dimensões de intervenção, incluindo a requalificação do edificado e do espaço público, bem como a aposta na sensibilização e mobilização da população para a reabilitação e sustentabilidade.

Num primeiro momento, a sessão contou ainda com a intervenção da presidente da Comissão de Urbanismo e Ordenamento do Território da Assembleia Municipal, Susana Manco, bem como de duas técnicas da SPI, entidade a quem coube a elaboração do programa.

De forma resumida, Susana Loureiro e Sónia Bento falaram sobre todo o processo de desenvolvimento da proposta que se encontra agora em discussão pública, destacando alguns aspetos como os seus quatro eixos estratégicos.

O primeiro, designado “Bombarral+Perto”, visa fomentar a ligação entre núcleos estratégicos do centro urbano e promover a mobilidade sustentável, através da criação de condições para que a população possa deixar o carro em parques de estacionamento periféricos, de zonas de circulação automóvel a velocidade reduzida, de uma linha urbana de transporte público, bem como de rotas urbanas pedonais e de ciclovias.    

No eixo “Bombarral+Sustentável” são apresentadas propostas que visam promover a sustentabilidade e a diversidade ambiental e ecológica, apostando na valorização da Mata Municipal e das zonas ribeirinhas, nomeadamente junto ao Anfiteatro Municipal.

O terceiro eixo, “Bombarral+Competitivo”, está direcionado para a revitalização do tecido económico e cultural, apresentando propostas que passam pela criação de uma maior dinâmica dos espaços comercias, bem como pela reabilitação de alguns espaços como o Mercado Municipal e o edifício do antigo IVV, ou ainda da instalação da Loja do Cidadão na Rua do Comércio e da refuncionalização da antiga escola primária e do edifício da ASAGRO.

Por fim, o quarto eixo, com a designação “Bombarral+Inclusivo”, centra-se na qualificação do ambiente urbano, bem como na promoção da cidadania, da socialização e da inclusão social.

Entre outras medidas a implementar, pretende-se promover a reabilitação do edifício da Câmara Municipal e do Palácio Gorjão, assim como do parque edificado da vila, incentivando os munícipes a realizarem a reabilitação dos seus edifícios.

Neste eixo estão igualmente incluídas propostas de requailifação de espaços públicos, da Rua Júlio Tornelli (vulgarmente designada por Avenida da Estação), da malha urbana do Cintrão e de implementação do programa inclusão social “CA - Cintrão com Arte”.

Após a apresentação das linhas gerais do PERU, o público que se deslocou até ao Auditório Municipal teve oportunidade de esclarecer as suas dúvidas, bem como de apresentar algumas sugestões.

Estando em curso o período de discussão pública, até dia 14 de janeiro os munícipes ainda têm oportunidade de apresentar os seus contributos, podendo fazê-lo preenchendo o formulário disponível no portal do Município e no setor de Atendimento ao Público.
Fonte: Município do Bombarral - Paulo Coelho