Bombarral Homepage  BOMBARRAL
  • Facebook
  • Twitter

Mata Municipal do Bombarral recebeu 25 ranchos folclóricos de todo o país

V Festival de Folclore e II Picnicão foi um sucesso

05-09-2018
V Festival de Folclore e II Picnicão foi um sucesso
[+] Fotos
Milhares de pessoas passaram pela Mata Municipal do Bombarral, nos dias 1 e 2 de setembro de 2018, para assistir ao V Festival de Folclore e II Picnicão, promovidos pela Associação Bombarral Sustentável, com o apoio logístico do Município do Bombarral.

Assumindo-se, ano após ano, como a maior concentração de ranchos folclóricos da região Oeste, este festival é já uma referência ao nível dos eventos de promoção e divulgação do folclore que se realizam um pouco por todo o país.

Este facto é demonstrado pelo número de grupos que têm respondido positivamente ao convite da Associação Bombarral Sustentável, tendo o festival contado este ano com a participação de 25 ranchos folclóricos, oriundos dos mais diversos pontos do território nacional.

O evento teve o envolvimento da autarquia bombarralense, nomeadamente ao nível do apoio logístico, e contou com a presença do presidente da Câmara Municipal, Ricardo Fernandes, e dos restantes elementos do executivo, que fizeram questão de associar a esta meritória iniciativa.
A juntar à atuação dos vários ranchos folclóricos, o festival pretende igualmente ser uma mostra do comércio local e de tudo o que de bom o concelho do Bombarral tem para oferecer a quem o visita.

Quanto aos grupos participantes, no dia 1, pelo palco da Mata Municipal, passaram o Rancho Folclórico As Janeiras de Glória do Ribatejo (Salvaterra de Magos), Grupo Teatral e Folclórico da Morgadinha da Charneca da Caparica (Almada), Rancho Folclórico Cortiçadas de Lavre (Montemor-o-Novo), Rancho Folclórico do Centro Cultural da Guarda, Grupo Folclórico S. Martinho Tibães de Mira de Tibães (Braga), Grupo de Dança Típica da Queimada de Melides (Grândola), Rancho Folclórico da Ribeira de Fráguas (Albergaria-a-Velha), Rancho Folclórico e Etnográfico As Mondadeiras de Algueirão (Sintra), Rancho Folclórico Moleirinhas do Seixal (Lourinhã), Rancho Folclórico Os Populares de Olho Marinho (Óbidos), Rancho Folclórico e Etnográfico Os Azeitoneiros de Alvorninha (Caldas da Rainha), Grupo Folclórico e Etnográfico da Casa do Povo de Condeixa (Condeixa-a-Nova) e Rancho Folclórico do Poceirão (Palmela).

No dia seguinte, atuaram o Rancho Folclórico Flores de Maio do Reguengo Grande (Lourinhã), Rancho Folclórico O Camponeses da Beira Mar de Ferrel (Peniche), Rancho Folclórico e Etnográfico O Clibotas da Misericórdia (Lourinhã), Rancho Folclórico e Etnográfico Apanha da Azeitona da Ramalhosa (Caldas da Rainha), Rancho Folclórico e Etnográfico Os Camponeses de Varatojo (Torres Vedras), Rancho Folclórico do Ciborro (Montemor-o-Novo), A Chama – Associação Recreativa e Cultural de S. Roque (Oliveira de Azeméis), Rancho Típico Avieiros de Vila Franca de Xira, Rancho Folclórico Os Rurais do Furadouro (Torres Vedras), Rancho Folclórico Os Pescadores de Ribamar (Lourinhã), Rancho Folclórico Ceifeiras de Porto de Muge da Freguesia de Valado (Cartaxo) e Rancho Folclórico e Etnográfico Flores do Oeste de A-dos-Cunhados (Torres Vedras).
Fotos: José António Fernandes
Fonte: Município do Bombarral - Paulo Coelho