Bombarral Homepage  BOMBARRAL
  • Facebook
  • Twitter


 

JUNTA DE FREGUESIA DO CARVALHAL



A Freguesia do Carvalhal, situa-se na Estremadura no limite sul do distrito de Leiria e integra o Concelho do Bombarral. É um território que tem muito para oferecer e que os seus habitantes se devem orgulhar. A esta freguesia pertencem as aldeias de Carvalhal, Salgueiro, Barro Lobo, Barrocalvo, A-dos-Ruivos, Sanguinhal, Sobral do Parelhão, Bom Vento e outras pequenas povoações, nestas localidades encerram-se muitas histórias para contar e recordar.


Desde há milénios que por este território passaram Fenícios, Romanos e Árabes. De quando da fundação de Portugal ficou-nos a Torre Medieval, hoje conhecida como a Torre dos Lafetá. Existem notícias desta freguesia no decorrer da Idade Média, no século XIV o Carvalhal era chamado de Carvalhal de Soeiro Ferreira. Nos finais do século XIV, o Carvalhal possuía já uma estrutura urbanística organizada, pelo que se percebe a partir da indicação da existência da Rua Direita. Chegam-nos também noticias das vizinhas aldeias de A-dos-Ruivos e do Sanguinhal. A aldeia do Sanguinhal em 1527 contava com cinquenta a setenta moradores, aí vivia a família Rêgo, influente família obidense. Quanto a A-dos-Ruivos a sua existência é provavelmente muito anterior à nacionalidade, nos finais do século XIV , possuía uma igreja dedicada a Santa Catarina, era uma aldeia próspera e uma rota de passagem frequente de peregrinos e mercadores.

No numeramento de 1527 o Carvalhal ou também conhecido como Carvalhal de Óbidos era a segunda aldeia mais povoada do termo de Óbidos a prosperidade da igreja de S. Pedro do Carvalhal terá sido responsável pelo prestígio desta região. O século XVI, foi seguramente o período áureo desta freguesia, a prová-lo a construção da Capela do Santíssimo Sacramento pela Rainha D. Leonor de Lencastre, esposa de D. João II. O Carvalhal integrava-se no termo de Óbidos e por consequência na “Casa de Rainhas”. A “Casa de Rainhas” é uma instituição com variados bens, entre eles a vila e termo de Óbidos, que eram doados às Rainhas de Portugal desde D. Urraca a tradição manteve-se até ao século XIX. É também de assinalar a construção, no século XVI, da Ermida de Nossa Senhora do Socorro pela família dos Henriques do Bombarral.

No século XIX, a freguesia do Carvalhal foi muito disputada, entre 1836 e 1855 deixa de pertencer ao termo de Óbidos, passando a pertencer ao Concelho do Cadaval. De quando da criação do Concelho do Bombarral em 1914 a freguesia passou finalmente a integrar este concelho. O património histórico, artístico, cultural e natural desta freguesia é riquíssimo, é um território rico também pelas suas gentes. Há um património a preservar e divulgar. Contamos convosco para essa imensa tarefa, conservar e reabilitar hoje para que as “gentes” de amanhã saibam de onde vieram, para melhor trilhar os caminhos do futuro.

A freguesia do Carvalhal tem 32,13 km² de área e 2 934 habitantes. Densidade: 91,3 hab/km².

 

                 




Executivo













PRESIDENTE

João Manuel Gomes Mendonça (PSD)

Rua da Filarmónica, Nº 13-15
2549-357 Carvalhal
Telefone - 262603351 / Fax - 262603351

Horário de Atendimento:
Segunda a Sexta | 9h - 17h

Site - www.jf-carvalhal.pt
E Mail - freguesia.carvalhal@gmail.com

 



Membros do executivo da Junta de Freguesia


1º Vogal:
Ricardo José Henriques Daniel (PSD)
2º Vogal: Rui Alberto Sousa da Silva (PSD)
 
 
Mesa da Assembleia de Freguesia

Presidente: Johnny Guilherme (PSD)
1º secretário: Maria Beatriz da Fonseca Marques (PSD)
2º secretário: Fausto Faustino Correia (PSD)

Assembleia de Freguesia

Luís Alberto da Costa Santos (PSD)
Vitória Maria Cardoso Pereira (PSD)
Vitor Manuel Marques Braz (PSD)
Ana Maria Fernandes Izidoro Henriques (PSD)
Ivo Gonçalo Rodrigues Faustino (PS)
Gonçalo Nuno Rodrigues Pereira Silva Santos (PS)